Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

palavrasfelinas

palavrasfelinas

A filosofia de Hannah Arendt

 

full.jpeg

 

O Homem é aquilo que se esforça por atingir

 

É o amor e a amizade que tiram o Homem do isolamento do mundo

 

A cobiça não se quer a si própria, quer o mundo, e possuindo-o, quer ser ela própria o mundo.

 

O presente não é mais que o desejo do futuro

 

Como o actor depende do palco, dos outros actores e dos espectadores, todas as coisas vivas dependem de um mundo que aparece como o local da sua própria aparição, de outras criaturas e de espectadores que confirmem e reconheçam a sua existência.

 

Também nós somos aparências, em virtude de chegarmos e partirmos, de aparecermos e desaparecermos; e embora venhamos de parte nenhuma, chegamos para tomar parte no jogo do mundo.

 

Nota: uns pensamentos são inspirados em Hannah Arendt outros são textos retirados de livros seus.